domingo, 8 de janeiro de 2012

"MINHA PRINCESA AFRICANA" DE MÁRCIO VASSALLO E CAROL W.

                                  SITE DA EDITORA: www.abacatteeditorial.com.br

INDICAÇÃO: a partir de 8 / 9 anos

Nesta história, o narrador fala  de seu amor  por Marinela, uma  princesa lá  de Angola,
branquela e com  mais sardas do  que  o céu  de Luanda. Como se viram apenas uma
vez, o jeito era comunicar-se por meio de cartas, telegramas e telefone.Uma infinidade
de  mensagens  saudosas, mas  todas sem  abreviaturas, " porque tem sentimento que 
não dá para  abreviar."  Um dia, os pais  da princesa proporcionaram o reencontro dos
dois, felicidade que durou  sete  dias. Mas,  como quase  tudo tem  um mas, a princesa
voltou para sua terra e depois ligou, terminando o namoro, porque havia lonjura demais
entre eles. E ficou apenas a beleza da música das palavras do adeus.



3 comentários:

Richard Christian disse...

princesa africana branca?

Nilda Rosa dos Santos disse...

Não daria esse livro para meus filhos, e nem para meus parentes nesta idade, pois a cor da princesa é uma inverdade (Verdade distorcida propositalmente), porque proposital? Para criar na mente das crianças uma imagem de branquidade que não existia na época em que na África tinha reis, rainhas e princesas, títulos esses que nos foram tomados roubados na época da escravidão. Ideia para título do próximo livro sobre princesas: Inglaterra, coautor de roubos de títulos, clique no link e veja a verdadeira cor dos donos desses tronos - http://reiserainhasdeafrica.blogspot.com/

Cristina Sá disse...

Olá! Nilda e Richard,

Recebi seus comentários a
respeito do livro MINHA
PRINCESA AFRICANA do
escritor MÁRCIO VASSALLO
e gostaria de esclarecer
alguns pontos:

- A história do livro não
faz referências históricas.

- A história se passa nos
dias atuais.

-Em nenhum momento, o autor
quis desmerecer o povo
africano. Ele não mentiu e
nem quis enganar os leitores.

- O livro conta uma história
de amor. Quem fala deste
amor é o narrador.Ele
conheceu uma moça em Luanda
e se apaixonou por ela. Para
ele, ela era uma princesa.Para
ele, Marinela era uma Princesa
Africana. Ele a via desta forma.


- O casal vivia em continentes
diferentes.O namoro acontecia
por cartas, telegramas e por telefone.

- A história do casal não teve
um final feliz. A distância os
separou.

Julgar um livro, apenas, pelo
seu título ou pela capa, pode
provocar equívocos.

abraços
Cristina