domingo, 2 de dezembro de 2012

" O MENINO MALUQUINHO " DE ZIRALDO


                                 SITE DA EDITORA: www.editoramelhoramentos.com.br


INDICAÇÃO: a partir de 8 anos ( leitor em processo )

112 páginas


"O MENINO MALUQUINHO"  fez,  em 2012, 32 anos. O livro de maior sucesso de
Ziraldo  foi  lançado em  1980 e  até hoje,  vem  encantando  várias  gerações  de 
crianças.Com mais de 100 edições e mais de 3 milhões de exemplares vendidos,
tornou-se um ícone da literatura infantil brasileira.

Ziraldo costuma dizer que seus desenhos são narrativos. Para ele, escrever é uma
extensão do que ele desenha. 

Com  traço  simples e  inconfundível e texto  bem  humorado,  ele nos apresenta o 
famoso personagem: o menino maluquinho.


                  "  Era uma vez um menino maluquinho

                     Ele tinha o olho maior que a barriga

                      tinha fogo no rabo

                      tinha vento nos pés

                      umas pernas enormes
                      ( que davam para abraçar o mundo)

                      e macaquinhos no sótão
                      ( embora nem soubesse o que significava
                      macaquinhos no sótão )

                       Ele era um menino impossível! "

No livro O MENINO MALUQUINHO, Ziraldo vai contar quem é este menino que
vive inventando histórias e aprontando confusões. Amigo dos amigos, esperto,
alegre, engraçado, líder  da  sua turma, inteligente...  ele tirava 10  em todas as
matérias,  mas  era  0 em  comportamento. Neste livro,   com sabor de infância, 
Ziraldo nos mostra que,  na verdade, ele era mesmo um menino feliz.


AS ILUSTRAÇÕES:




PRÊMIOS:
Prêmio Jabuti (1981) / Prêmio Lourenço Filho ( 1986) /
PNBE 2005


O AUTOR/ ILUSTRADOR:




ASSISTA AO VÍDEO:  Canção tema do filme O MENINO MALUQUINHO(1994)
compositores: Milton Nascimento e Fernando Brant


NO NATAL, DÊ LIVROS DE PRESENTE !!!

2 comentários:

Edilene disse...

Menino Maluquinho toda criança gosta! Eu também! Beijos

Cristina Sá literaturainfantilejuvenil disse...

EDILENE,
Eu também!!!rsrsrs
beijo
Cristina