domingo, 28 de abril de 2013

" A ÁRVORE VERMELHA " DE SHAUN TAN

                                           SITE DA EDITORA: www.edicoessm.com.br

32 páginas

INDICAÇÃO: crianças, jovens e adultos

                      "às vezes, o dia começa sem 
                        nada de interessante no horizonte

                         e as coisas vão de mal a pior
                         e a escuridão esmaga você"

É muito difícil falar da sensação de vazio, da solidão, do desânimo e também
da esperança. São estes alguns dos sentimentos e sensações que permeiam
a vida de uma  menina franzina, triste, desanimada, incompreendida... no livro
A ÁRVORE VERMELHA, do premiado autor/ ilustrador australiano Shaun Tan.
Ela não consegue dividir com outros o que sente e sofre.

Apesar de viver momentos difíceis,ela vai vivenciar a oportunidade de vencer a
apatia, porque a esperança acena para ela.


Em A ÁRVORE VERMELHA, as sensações e as percepções de uma criança
são apresentadas com pouco texto e ilustrações fantásticas.

ILUSTRAÇÕES:

As ilustrações deste livro são impactantes e exprimem os estados emocionais
da criança, em cenas insólitas.

São destaques nas ilustrações:
- imagens complexas , encadeadas de modo não-linear;
- escolha das cores e jogo do claro x escuro;
- o universo imaginário / planos do real se misturam com
o da imaginação, do sonho, construindo novos sentidos;
- recortes e enquadramentos das imagens;
- técnica mista ( pintura e colagem );
- imagens simbólicas.

                 





PRÊMIOS:

-Prêmio Patrícia Wrightson de Melhor Livro Infantil, do New South Wales Premier's
Literary, na Austrália, em 2002;

-Prêmio Octogone, do Center International d'Etudes en Litterature de Jeunesse, na
França, em 2003.


AUTOR/ILUSTRADOR:


A ÁRVORE VERMELHA é um convite a reflexões sobre a vida, os problemas e
sobre a busca de soluções.

" O OGRO DA RÚSSIA " DE VICTOR HUGO E SACHA POLIAKOVA

SITE DA EDITORA: www.companhiadasletras.com.br

TRADUÇÃO: Eduardo Brandão

INDICAÇÃO: a partir de 3 anos até 5 anos ( leitura compartilhada )
                        a partir de 6 anos ( leitor iniciante)

32 páginas

O livro O OGRO DA RÚSSIA   foi adaptado de um conto do escritor francês
Victor Hugo (1802-1885).

As  ilustrações  do  livro, assinadas por SACHA  POLIAKOVA,  impressionam
lembram um teatro de marionetes - painéis de fundo, como cenários, presos
por  engrenagens  e  fios;  personagens  com   articulações  e  fios - tudo  para
compor,  página  por  página, as  cenas da história  de  um ogro, nascido  num
bosque de uma aldeia gelada, completamente apaixonado por uma fada.

Como imaginar um ogro feio, cabeludo, grandão e com uma boca bem grande,
bem do tamanho do seu apetite, morrendo de amores por uma fada delicada?

Fatos inesperados e que causam estranheza prometem surpreender leitores
de todas as idades.

ILUSTRAÇÃO:


O OGRO DA RÚSSIA está entre os 50 melhores livros infantis (ano 2012) -
Seleção do suplemento infantil  ESTADINHO (Jornal O ESTADO DE SÃO
PAULO).

sexta-feira, 26 de abril de 2013

" IDEIA DE BONECO " DE ADRIANA FELICÍSSIMO E BIANCA FARAJ



SITE DA EDITORA: www.hedra.com.br

INDICAÇÃO: a partir de 2 anos ( leitura compartilhada )
                        a partir de 6 anos ( leitor iniciante )

24 PÁGINAS


" TODO MUNDO DEVERIA TER UMA ÁRVORE  COMO AMIGA E CUIDAR
DELA. "

O texto do livro IDEA DE BONECO poderia ser um poema para celebrar a
natureza. De  forma  encantadora, ele  busca  sensibilizar o pequeno leitor
para a importância da proteção do meio ambiente  e das espécies.




Os desenhos são simples, estilizados e muito coloridos. Eles vão criando
cenários  com  personagens  e  detalhes,  sempre reforçados com traços
pontilhados ou  pespontados.






Capa, texto, ilustrações, diagramação, tudo aqui contribui para tornar o livro
IDEA DE BONECO um livro atraente, para  despertar o interesse da criança
pela leitura e para aguçar a imaginação.

segunda-feira, 22 de abril de 2013

" O LEÃO DE TANTO URRAR DESANIMOU " DE PAULO VALENTE E ROGÉRIO SOUD

                                              SITE DA EDITORA:  www.rocco.com.br


INDICAÇÃO: a partir de 6 anos ( leitor iniciante)

40 PÁGINAS

A floresta tem muitos problemas e o Leão, rei dos animais há muitos séculos,
vive uma cansativa rotina para tentar resolver questões que não têm solução:
o sapo quer mais mosquitos para  as suas refeições; os mosquitos pedem a
diminuição  da  população  de  sapos; o urso  vive  reclamando  do calor e  o
pinguim, de  frio. E como  resolver  a disputa  de  quem  tem o pescoço mais
comprido - a girafa ou a cobra?  Ufa! Ser rei cansa demais.O jeito é  arranjar
um  outro substituto para assumir o trono - pensou o  Leão. Que animal  forte,
valente, poderoso, inteligente e muito esperto poderia ser o substituto do  rei
Leão?  O Elefante tem  força e memória,mas não é ágil e nem um pouquinho
delicado.O Rato é ágil e veloz, mas não tem boa fama. O Burro é persistente
(ou será teimoso?- pensou o rei Leão). A Galinha foi lembrada, mas rei Leão
lembrou da pergunta: " assada ou ensopada " e desistiu. O Cisne, símbolo da
beleza,  vive  só  olhando  para  ele  mesmo  e não se interessa  pelos outros. 
Como poderia governar? O peixe conhece os mistérios das águas, mas não
vive fora dela. Nenhum animal lembrado estava à altura de ocupar o trono do
rei Leão.

Como será  que o rei Leão, que quer se aposentar, irá encontrar um sucessor? 
Será que nunca vai encontrar um animal para substituí-lo?

Inspirado na peça musical "Carnaval dos animais", obra do compositor francês 
Camille Saint-Saens, o livro " O LEÃO DE TANTO URRAR DESANIMOU  " de
Paulo Valente trata da vida rotineira, monótona e cansativa do Leão, o rei dos
animais e mostra ainda, aos pequenos, questões relativas à política, eleições 
e democracia, de uma maneira muito bem-humorada.

ILUSTRAÇÕES:


O livro  de  Paulo Valente ganhou mais força ainda com as ilustrações de 
Rogério Soud  -  imagens de  colorido  intenso, que destacam detalhes e
reforçam a construção lúdica e bem-humorada do texto.



O AUTOR: PAULO VALENTE 
Nasceu no Rio de Janeiro, em 1953. É economista, com mestrado em Engenharia
de Produção. É filho da escritora Clarice Lispector.  O livro "  O Leão de tanto urrar
desanimou  " marca a  estreia do autor na Rocco Pequenos Leitores.

O ILUSTRADOR: ROGÉRIO SOUD
Nasceu no Rio de Janeiro, em 1967. Mora, atualmente,  em São Paulo. Trabalhou
em estúdios  de desenho  animado. Agora , como freelancer  faz ilustrações para
revistas, livros didáticos, paradidáticos e materiais de propaganda.

sexta-feira, 19 de abril de 2013

DIVERSÃO ENTRADA FRANCA NA LIVRARIA NOVE.SETE ( SÃO PAULO)

IMPERDÍVEL!!!!



GIBA PEDROZA é escritor, professor, e contador de histórias. O livro
" A LENDA  DO  PREGUIÇOSO e outras histórias " é de sua autoria
 e tem ilustrações de Ângelo Abu ( editora Cortez).

quinta-feira, 18 de abril de 2013

CONVITE PARA O LANÇAMENTO DO LIVRO " IDEIA DE BONECO " DE ADRIANA FELICÍSSIMO E BIANCA FARAJ (SÃO PAULO)


LIVRO:
IDEIA DE BONECO
autora: ADRIANA FELICÍSSIMO
ilustradora: BIANCA FARAJ
editora: HEDRA

PROGRAMAÇÃO:
"HORA DO CONTO" com KIARA TERRA

LOCAL:
CASA DE LIVROS
rua Capitão Otávio Machado, 259 Chácara Santo Antônio
São Paulo / SP

DIA:
20 de abril de 2013 (sábado)

HORÁRIO:
15 h

ENTRADA FRANCA



REFLEXÃO: A LEITURA EM VOZ ALTA


domingo, 14 de abril de 2013

" A VIAGEM DE TAMAR " DE ANGELO MACHADO E RAQUEL LOURENÇO ABREU


SITE DA EDITORA: www.le.com.br

INDICAÇÃO: a partir de 6 anos ( leitor iniciante )

32 páginas

" A VIAGEM DE TAMAR - a tartaruga - verde do mar " é uma declaração de
amor à natureza.

O livro começa assim:
                                       Mamãe tartaruga - verde
                                       chegou na praia ao luar,
                                       fez um buraco na areia 
                                       e começou a botar.

                                       Logo, veio o pescador
                                       com um balaio na mão,
                                       carregou todos os ovos
                                       enterrados lá no chão.

                                       Todos os ovos, menos um,
                                       esquecido no lugar
                                       e foi dele que nasceu 
                                       a tartaruga Tamar.

       A personagem deste livro recebeu o nome de TAMAR para homenagear o
Projeto TAMAR  -  projeto tartarugas marinhas,  criado em 1980, para proteger,
da  extinção, as  cinco  espécies  de tartarugas,  que  utilizam  o litoral do Brasil
para se alimentar e se reproduzir.O Tamar é um  projeto reconhecido no mundo
todo  e  desenvolve várias pesquisas científicas,  ações sociais  e comunitárias,
envolvendo moradores da região litorânea do norte de São Paulo (UBATUBA). 


      Em  versos de Angelo  Machado, a tataruguinha TAMAR  vai retratar a vida
das tartarugas marinhas.

     O pequeno leitor vai  acompanhar o  nascimento  da tartaruguinha Tamar, seu 
encontro com outros  animais marinhos, seus  hábitos alimentares, sua  trajetória
de viagem em busca da ilha das plantas submarinas, sua passagem para a vida
adulta, as estratégias de sobrevivência, os antigos costumes e os novos valores 
da população, que habita a região litorânea, no que diz respeito à proteção  das
espécies.
                                   

 ILUSTRAÇÕES:

As aquarelas de RACHEL LOURENÇO ABREU são deslumbrantes e remetem
o  pequeno leitor para os cenários da história.






O AUTOR: 

Angelo  Machado é médico, cientista, pesquisador, ambientalista e escritor
de livros e peças de teatro para crianças e adolescentes, com vários textos
premiados. É  também  professor do departamento de Zoologia da  UFMG, 
onde se dedica ao estudo das libélulas.

A ILUSTRADORA:

Rachel Lourenço Abreu é bióloga e artista plástica. Além de ser formada em
Belas  Artes, participou  de  várias oficinas  e workshops  de ilustração, com
ênfase em aquarela e na ilustração botânica. Já publicou vários livros,  tanto
em trabalhos científicos como em literatura infantil.

" RINOCERONTES NÃO COMEM PANQUECAS " DE ANNA KEMP E SARA OGILVIE


SITE DA EDITORA:  www.pazeterra.com.br

TRADUTOR: Hugo Langone

INDICAÇÃO: a partir de 6 anos (leitor iniciante) 

32 páginas

                         " Daisy estava tomando café da manhã quando um rinoceronte
                           grande e roxo entrou na cozinha. Isso mesmo: um rinoceronte
                           grande e roxo! Ele era grande como um  ônibus e roxo  como
                           um repolho. Ele  também era  esfomeado. Por isso, deu uma
                           mordida na panqueca de Daisy e foi para o andar de cima.
                           - Mãe, mãe-chamou Daisy - tem um...
                          -  Fale com seu pai - disse a mãe - ele pega o bicho e joga 
                          pela janela. "

Como  sempre,  os  pais de Daisy  estavam  muito  ocupados  para prestar
atenção  no que  ela  dizia.  Daisy  não  conseguiu  contar  para os pais que 
havia,  na casa, um rinoceronte grandão, roxo e que adorava panquecas.

Daisy e o rinoceronte grandão, roxo e devorador de panquecas se tornaram
grandes amigos. Sentavam no sofá da sala para conversar e brincar,mas os
pais de Daisy não percebiam que havia um estranho na casa.

Um dia, as panquecas acabaram.

                      - Quem comeu todas as panquecas? - perguntou o pai.
                      - Foi o rinoceronte - disse Daisy.
                      - RINOCERONTES NÃO COMEM PANQUECAS - gritou o pai.

Os pais de Daisy riram da menina e não acreditaram na presença de um
rinoceronte na cozinha. Daisy ficou triste e foi  para  o quintal. Seu amigo,
rinoceronte foi atrás. Ele tentou alegrá-la, mas não conseguiu. A atenção
que Daisy recebia dos pais era pouca ou quase nenhuma.

Na  manhã seguinte, os  pais  de  Daisy  resolveram  levá-la  ao  zoológico
para que ela conhecesse um rinoceronte de verdade. Lá, descobriram que
o rinoceronte do zoológico estava desaparecido. Ele era grande, roxo e
adorava panquecas.

A partir daí, a história toma um rumo diferente. O que será que aconteceu
com o rinoceronte, amigo de Daisy ? E os pais de Daisy, quando viram
que a filha falava a verdade, como se comportaram? O rinoceronte grande
e roxo, voltou para o zoológico? Como ficou a vida de Daisy sem o seu
amigo rinoceronte?  Quem é capaz de imaginar o que aconteceu?

Todas as crianças vão adorar esta divertida história de Daisy e de seu amigo
rinoceronte.

                  
ILUSTRAÇÕES:




Os personagens desenhados por Sara Ogilvie para contar esta história são
altamente expressivos e conquistam os pequenos desde a ilustração da 
capa.

As ilustrações de SARA OGILVIE e o texto de ANNA KEMP convidam a
criança a soltar a imaginação e a viver momentos pra lá de divertidos.




quinta-feira, 11 de abril de 2013

LER O LIVRO E IR AO TEATRO ( SÃO PAULO ): LAMPIÃO E LANCELOTE DE FERNANDO VILELA

SUGESTÃO: LER O LIVRO

LAMPIÃO E LANCELOTI
autor/ ilustrador: FERNANDO VILELA
editora COSAC NAIFY
52 páginas
INDICAÇÃO: infantojuvenil / a partir de 12 anos ( leitor crítico)


                                        SITE DA EDITORA:   www.cosacnaify.com.br


O que poderia acontecer se o nosso cangaceiro LAMPIÃO, do sertão Nordestino,
se  encontrasse  com  LANCELOTE,   um  dos  cavaleiros  medievais  da  Távola
Redonda do rei Artur?

O encontro mais do que  inusitado entre LAMPIÃO e LANCELOTE fez com que o
autor e ilustrador compusesse uma obra extremamente original, mesclando 
linguagens diversas:

                                    LAMPIÃO              X                    LANCELOTE

TEXTO-       em verso, na sextilha                                em prosa, no tom das
                     do cordel                                                    narrativas épicas da
                                                                                         cultura medieval


ILUSTRAÇÕES- em carimbo                                      em xilogravura






LANÇADO EM 2006, LAMPIÃO E LANCELOTE JÁ RECEBEU MUITOS 
PRÊMIOS:

PRÊMIO INTERNACIONAL: Menção Honrosa (2007)  Bologna Ragazzi
Award

PRÊMIO JABUTI: Melhor livro infantil (2007)
                                Melhor  ilustração e melhor capa (2º lugar)

PRÊMIOS FNLIJ: (2007)- Escritor revelação / Melhor poesia / Melhor
ilustração / Melhor projeto editorial ( 4 prêmios )

PRÊMIO INTERNACIONAL: Faz parte do Catálogo White Ravens
(Catálogo anual das melhores publicações infantojuvenis do mundo)

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
SUGESTÃO: IR AO TEATRO





ESPETÁCULO:
LAMPIÃO & LANCELOTE

LOCAL:
Teatro do SESI SP
avenida Paulista, 1313 ( Metrô TRIANON- MASP ) capacidade: 456 lugares
São Paulo / SP

TELEFONES PARA INFORMAÇÕES:
(11)3146-7405     /    (11) 3146-7406

TEMPORADA:
até 30 de junho de 2013 
OBSERVAÇÃO:no dia 4/abril/2013 - o ator Leonardo Miggiorin será
substituído por Ale Pessôa

HORÁRIOS:
de quinta a sábado - às 21 h
domingos - às 20 h

CLASSIFICAÇÃO:
12 anos

DURAÇÃO: 
90 minutos

INGRESSOS: 
quintas e sextas - entrada gratuita
sábados e domingos - inteira R$10,00 / meia R$5,00

São vendidos quatro ingressos por pessoa.

Nos dias gratuitos, a distribuição dos ingressos tem início a partir da
abertura da bilheteria no mesmo dia do evento.São distribuídos dois
ingressos por pessoa.



elenco:Cássio Scapin ( narrador ) / Daniel Infantini ( Lampião ) / Leonardo
Miggiorin ( Lancelote ) / Luciana Carnieli ( Maria Bonita ) / Vanessa Prieto
( Morgana ) / Ale Pessôa e Tarita de Souza - Bando de Lampião 

músicos: Ana Rodrigues e Bruno Menegatti

Livre adaptação de Braulio Tavares do livro " LAMPIÃO E LANCELOTE "
de FERNANDO VILELA

música original / direção musical: Zeca Baleiro

direção e concepção: Debora Dubois

assistente de direção: Márcio Macena

cenário: Duda Arruk

figurinos: Márcio Vinícius

pesquisa e arte gráfica: Fernando Vilela

iluminação: Debora Dubois

fotografia: João Caldas

preparação vocal: Tarita de Souza

preparação corporal e coreagrafias: Roberto Alencar

produção musical:  Fernando Nunes



quarta-feira, 10 de abril de 2013

"BEBÊ E EU" DE EMMA DODD



SITE DA EDITORA: www.brinquebook.com.br


INDICAÇÃO: a partir de 6 anos ( leitor iniciante )
                        leitura compartilhada: a partir de 2 anos

28 páginas


 Através das brincadeiras (dar mamadeira, trocar a  fralda, adormecer e 
dar banho na boneca), a menina da história vai descobrir  que as tarefas
de uma mãe para cuidar de um bebê não são nada  fáceis. Ao perceber
isto, vai se dispor a ajudar sua mãe a cuidar de seu novo irmãozinho.

Esta  delicada  história,  que retrata  cenas  do cotidiano e que permite 
trabalhar temas como: a infância, o nascimento do irmãozinho e bebês,
celebra as relações: mãe e filha / criança e o irmãozinho mais novo.


ILUSTRAÇÕES:

     As ilustrações da autora EMMA DODD são simples e cativantes, trazendo
situações que retratam o cotidiano, elas exercitam o imaginário das crianças.


EMMA DODD  nasceu em 1969, na Inglaterra. É formada em design gráfico e
ilustração.Trabalhou em publicidade e editorial. Hoje, escrever e ilustrar livros
infantis é o foco de sua carreira.

Esta é a estreia da autora/ilustradora EMMA DODD na editora BRINQUE.BOOK.



terça-feira, 9 de abril de 2013

LITERATURA INFANTOJUVENIL: " NOAH FOGE DE CASA " DE JOHN BOYNE E OLIVER JEFFERS

                                   SITE DA EDITORA: www.companhiadasletras.com.br

Tradução de EDUARDO BRANDÃO

INDICAÇÃO: a partir de 12 anos ( leitor crítico )

200 páginas


JOHN BOYLE, o autor do conhecido livro O MENINO DO PIJAMA LISTRADO,
lançou, aqui no Brasil, o seu primeiro livro infantojuvenil  -  NOAH  FOGE  DE
CASA, pela editora Companhia das Letras.


Trata-se da história do menino Noah Barleywater, de oito anos de idade, que
foge de casa para não ter que enfrentar um grande problema.


               ...  Bom, uns dias antes tinha tentado fazer uma lista com tudo o que
               fizera de importante, e olhe só o que anotou:

                         1. Li catorze livros do começo ao fim.
                         2. Fui medalha de bronze nos  500 metros no Dia do Esporte
                         do  ano  passado e  teria  sido  prata  se Breiffni  O ' Neil  não
                         tivesse começado a correr antes do tiro de partida e por isso
                         levou vantagem.
                         3. Sei qual é a capital de Portugal. ( É Lisboa.)
                         4.Posso ser pequeno para a minha idade, mas sou o sétimo
                         mais inteligente da minha turma.
                         5. Sou craque em separar as sílabas.
                    
                      "Cinco coisas importantes aos oito anos de idade", pensou 
               quando acabou a lista...
               .......................................................................................................................
                ...  Pensou bem e fez uns cálculos rápidos num pedaço de papel.
              "Uma coisa importante a cada ano, sete meses e seis dias. Muito
               pouco, quase nada."

                     Tentou  se  convencer  de  que era  por isso  que estava saindo de
              casa, porque  parecia muito  mais ousado do que o motivo verdadeiro,
              que era uma  coisa  em que  ele nem  queria  pensar. Pelo menos, não 
              de manhã tão cedo.
                     E lá ia ele,  entregue à  própria sorte, um jovem soldado a caminho 
             da guerra. Deu  novamente  meia-volta, pensando consigo  mesmo, "É!
             Nunca mais vou ver  aquela casa!", e seguiu em frente, com  o ar de um
             homem que sabe que na próxima eleição tem toda chance de ser eleito
             para prefeito. Era importante parecer confiante  -  ele já tinha percebido
             isso faz  tempo. Afinal, os adultos  tendiam  a achar que um menino que
             estava na estrada sozinho devia estar planejando algum crime. Nenhum
             deles nunca pensava que podia ser apenas um garoto que estava  indo
             conhecer o  mundo e  viver  uma  grande  aventura. Os adultos eram tão  
             bitolados! Esse era um dos seus muitos problemas.  


No  seu trajeto, Noah  encontrou  animais e objetos inanimados, que  adquiriram
vida e  características  humanas. Não  foi  só  isso. Encontrou  também  uma loja
mágica de brinquedos. Neste lugar, ele teve um curioso encontro com o artesão,
fabricante  de títeres  ( marionetes ) . Eles  conversaram muito. Noah  não queria
de forma alguma revelar o motivo de sua fuga, para  o seu novo amigo. Por sua
vez, o artesão resolveu dividir com Noah  a sua história de vida. Noah percebeu
que  tinha  muito  em comum  com o dono da loja. A partir daí, começou a refletir
sobre  tudo  aquilo  que  deixou para  trás, sobre  sua vida  e acaba revelando o
motivo pelo qual fugiu de casa. Noah vê que terá que tomar  uma decisão.  Sua
promessa  foi quebrada e  ele passou a lidar com os problemas de  uma forma
diferente.

NOAH  FOGE  DE  CASA é um história  envolvente, que prende a atenção dos
leitores até o final. Aos poucos, os leitores vão desvendados os mistérios que
envolvem a história de Noah.

Por que Noah fugiu de casa?
Quem era, de verdade, o fabricante de brinquedos?
Qual foi a decisão tomada por Noah?

O AUTOR E O ILUSTRADOR:


sábado, 6 de abril de 2013

" AS PERNAS DE PAU DE NICOLAU " DE ÉRIC PUYBARET

                                 SITE DA EDITORA: www.editoramelhoramentos.com.br

INDICAÇÃO: a partir de 6 anos de idade ( leitor iniciante )

32 páginas

O escritor / ilustrador francês Éric Puybaret narra, em "AS PERNAS DE PAU
DE NICOLAU, a história de Manguespuma, cidade  que  foi construída sobre
as  águas. As  casas de  Manguespuma  foram  estruturadas  sobre  palafitas,
porque  as  ruas e  avenidas eram verdadeiros rios. Todos  os  habitantes do
lugar usavam pernas de  pau. Nicolau, um jovem habitante de Manguespuma,
tinha as  pernas de pau mais compridas. Ele podia até tocar as nuvens e por
estar  sempre  desatento,  nunca  ouvia quando lhe chamavam. Nicolau  vivia 
alheio a tudo. Por causa da distância, ele vivia com a cabeça nas nuvens.Até
que um dia, Nicolau teve que tomar uma decisão: descer de suas compridas
pernas para ajudar os habitantes de Manguespuma ou permanecer com seus
pensamentos ao vento.

O que será que aconteceu? Qual foi a decisão tomada por Nicolau?

AS ILUSTRAÇÕES:


As ilustrações de Éric Puybaret impressionam: os tons de azul sobressaem
nas imagens oníricas e com perspectivas fantásticas.



O AUTOR / ILUSTRADOR:



quinta-feira, 4 de abril de 2013

" OS PESCADORES E AS SUAS FILHAS " DE CECÍLIA MEIRELES E CRIS EICH

                                  SITE DA EDITORA: www.globaleditora.com.br

INDICAÇÃO:a partir de 8 anos ( leitor em processo)

24 PÁGINAS

                Os pescadores dormiam
                cansados, ao sol, nos barcos.

                As filhinhas dos pescadores
                brincavam na praça, de mãos dadas.

                As filhinhas dos pescadores
                cantavam cantigas de sol e água.

                Os pescadores sonhavam
                com seus barcos carregados...


Com  versos  cadenciados  e que desenham imagens, CECÍLIA MEIRELES,  em
OS PESCADORES E AS SUAS FILHAS, fala sobre  os  dias ensolarados, sobre
movimento  dos  barcos, sobre o mar, os  pescadores e suas filhas. E ao falar de
tudo isso, retrata também o afeto, os sonhos e os desejos dos personagens.

AS ILUSTRAÇÕES:

Grande peso tem as ilustrações de Cris Eich, que parecem acompanhar o ritmo 
dos versos de Cecília Meireles.  

As ilustrações são impressionantes. O colorido intenso  e as formas estilizadas
saltam das páginas  para encantar os leitores.

Vale a pena ampliar a imagem abaixo para apreciar as cores e os detalhes.




A AUTORA E A ILUSTRADORA:


Ganhamos todos, crianças e adultos, com esta publicação da editora Global.
A combinação dos versos de CECÍLIA MEIRELES e das ilustrações de CRIS
EICH  é das mais felizes.

Os pescadores e as suas filhas é uma boa forma de apresentar Cecília 
Meireles aos pequenos.