sábado, 28 de setembro de 2013

"BICHO MISTO" DE JÓTAH

                                   
                                    SITE DA EDITORA: www.escalaeducacional.com.br


INDICAÇÃO: a partir de 6 anos ( leitor iniciante )

24 páginas



Esta é uma história pra lá de engraçada. 

A menina imagina que seu lápis tem poderes de uma varinha de condão e começa
a pensar como seria se pudesse  transformar os animais e as coisas.


                 Então transformaria meu dragão num queijo podre e fedorento.
                 O leão, num rato medroso e nojento.

As transformações vão acontecendo na imaginação da menina  e tomam conta do 
livro. Em cada página virada, o leitor terá uma surpresa. 

Que bicho dá a mistura de um rato com um cão? E de um gato com um dragão? 
Não sei não. Acho que só pode dar confusão. Vale a pena conferir.


AS ILUSTRAÇÕES:



JÓTAH  preparou,  para este livro, ilustrações exageradas e com colorido intenso.

Com traço bem humorado, muita criatividade, ele procura estimular a imaginação
de seus leitores.

A diagramação do texto é destaque no projeto gráfico do livro. Ela confere movimento 
e reforça o humor das imagens.

O AUTOR:



NO DIA DA CRIANÇA: DÊ LIVROS DE PRESENTE.

quinta-feira, 26 de setembro de 2013

VOCÊ NÃO PODE PERDER A FESTA DA JUJUBA, NA LIVRARIA NOVE.SETE!!! (SÃO PAULO)




NO DIA DA CRIANÇA: DÊ LIVROS DE PRESENTE.

PROMOÇÃO DO DIA DAS CRIANÇAS: LIVROS INFANTIS E JUVENIS DA EDITORA CIA DAS LETRAS

NO DIA DAS CRIANÇAS: DÊ LIVROS DE PRESENTE.


SÃO MAIS DE 170 LIVROS E 10 E-BOOKS, QUE ESTARÃO Á VENDA COM
50% DE DESCONTO.

CLIQUE NO LINK ABAIXO PARA CONHECER AS LISTAS DOS LIVROS EM
PROMOÇÃO E ONDE COMPRAR:
http://www.blogdacompanhia.com.br/2013/09/promocao-livros-infantis-e-juvenis-com-50-de-desconto/

BRENO! BRENO! DE THAIS LINHARES E SANDRO DINARTE

                                           SITE DA EDITORA: www.larousse.com.br


INDICAÇÃO: a partir de 6 anos ( leitor iniciante )

32 páginas

As diferenças existem. Ninguém é igual a ninguém. Breno pode ser parecido
com muitos meninos da sua idade, mas tem seu jeito próprio de ser. E sabe
o que acontece com Breno? Ele nunca obedece aos pais de imediato. Tudo
tem que ser dito duas vezes:
                             
                               BRENO, ESCOVE OS DENTES.
                               BRENO, ESCOVE OS DENTES!

O livro se desenvolve para mostrar que o menino Breno, na hora da brincadeira,
se comporta de maneira  completamente diferente - nada precisa ser dito duas
vezes.

Por que Breno é assim?  Na tentativa de descobrir a resposta para a pergunta,
a mãe de Breno levanta algumas  hipóteses, como por exemplo - será que ele
escuta de jeito diferente?

A narrativa  resgata o universo infantil, instiga,  questiona e  contribui para uma
reflexão sobre a maneira de ser de Breno.

A escritora Thais Linhares tece, com muita sensibilidade e emoção, a história
do livro BRENO! BRENO! 

Este é um livro gostoso de ler. Este é um livro gostoso de ler.


AS ILUSTRAÇÕES:



                                                          CLIQUE PARA AMPLIAR


As ilustrações, como que vistas por uma lente de aumento, focalizam  e destacam
cenas do cotidiano do menino Breno. As imagens grandes, de páginas duplas, na
sua maioria, chamam a atenção e dialogam, em perfeita harmonia,  com o texto da
autora Thais Linhares.

O autor das ilustrações, Sandro Dinarte, neste trabalho, utiliza técnica mista e explora
recursos do computador.


OS AUTORES:

                                                            CLIQUE PARA AMPLIAR


NO DIA DA CRIANÇA:  DÊ LIVROS DE PRESENTE.

terça-feira, 24 de setembro de 2013

NOITE DE AUTÓGRAFOS: CONVITE DAS EDITORAS LÊ, ABACATTE, COMPOR E SEMENTE (BELO HORIZONTE)


CONVITE PARA NOITE DE AUTÓGRAFOS DOS MAIS RECENTES
LANÇAMENTOS DAS  EDITORAS:  LÊ,  ABACATTE, COMPOR  E

SEMENTE.

LOCAL:
ACADEMIA MINEIRA DE LETRAS
RUA DA BAHIA, 1466  CENTRO
BELO HORIZONTE - MG

DIA:
30 de setembro de 2013 (segunda-feira)

HORÁRIO:
a partir das 19 h

domingo, 22 de setembro de 2013

" AGORA " DE ALAIN SERRES E OLIVIER TALLEC

                                        SITE DA EDITORA: www.edicoessm.com.br


COLEÇÃO: BARCO A VAPOR ( série OS PIRATAS)

INDICAÇÃO: a partir de 3 anos (pré-leitor)

48 páginas



Este é um livro cheio de "agoras". Ele mostra a vida que acontece no momento
presente.

Do texto de Alain Serres, surgem  mini-histórias que contam a vida. Elas quando
alinhavadas e lidas em voz alta, soam  como um poema.

Os textos, que descrevem as cenas, que estão acontecendo "agora", são curtos,
bem simples e diretos.

                                      AGORA É DIA.
                                      PAPAI ME AJUDA
                                      A TOMAR BANHO.

                                      AGORA MEU IRMÃO MAIS VELHO
                                      ME ACOMPANHA ATÉ A ESCOLA.
                                                            
                                      AGORA EU PINTO UM BARCO QUE DÁ MEDO.

                                      AGORA TIA SÂMIA
                                      APRESENTA SEU NAMORADO.

                                      AGORA SURGE
                                      A PRIMEIRA FLOR
                                      DA PRIMAVERA.

É através do olhar infantil, que passagens  simples de todo dia e da imaginação
da criança são retratadas.

                                  

Este livro leva o pequeno leitor a descobrir que o presente é feito de muitos "agoras" 
e que é assim que a vida acontece.

Descubra os "agoras" da sua rotina.




AS ILUSTRAÇÕES:

As ilustrações de Olivier Tallec contribuem muito para para a leveza e a atmosfera
poética do livro.





O AUTOR /O ILUSTRADOR:



quarta-feira, 18 de setembro de 2013

IMPERDÍVEL!!! ESPETÁCULO TEATRAL INFANTOJUVENIL INSPIRADO NA OBRA DE LUÍS DA CÂMARA CASCUDO NO TEATRO MARIA CLARA MACHADO ( RIO DE JANEIRO)

                                                         CLIQUE PARA AMPLIAR

. URUCUIA GRANDE SERTÃO - espetáculo vencedor do PRÊMIO  ARLEQUIM 
no FESTIVAL DE TEATRO CIDADE DO RIO DE JANEIRO;

. A peça do COLETIVO PENEIRA  foi vencedora deste festival em 5  categorias:
melhor espetáculo  /  melhor direção  /  melhor ator / melhor atriz coadjuvante  /
melhor  iluminação;

" A trama se  passa  em um reino distante, no  sertão brasileiro, onde um rei viúvo
e solitário, influenciado pelo avançar da idade e a vontade de ter netos, determina
que  seu  fiel  servo  arrume  um rapaz  para casar com  a  jovem princesa. Após o
anúncio,   surgem  muitos  pretendentes  e,  com   isso,  o   patriarca  volta  a  nutrir
esperanças, apesar de toda a  resistência  da moça, que se julga a mais inteligente
do império. Para a nobre, nenhum homem é capaz  de satisfazê-la intelectualmente."

. Neste espetáculo, o grupo traz à tona algumas questões contemporâneas e atuais,
como o preconceito social e o amor.

. Este é um espetáculo alegre, repleto de música e referências da cultura popular
brasileira.

SERVIÇO


LOCAL:
Teatro Maria Clara Machado (124 lugares)
rua Padre Leonel França, 240 - Gávea / Rio de Janeiro  RJ
( dentro da Fundação Planetário da Gávea ) 

INFORMAÇÕES:
(21) 2274-7722

TEMPORADA:
até 20 de outubro de 2013

DIAS:
sábados e domingos

HORÁRIOS:

sábados ( às 17 horas)
domingos ( às 16 horas)

DURAÇÃO:
60 minutos

INGRESSOS:

R$30,00 ( inteira)  / R$15,00 (meia entrada)

BILHETERIA:
aberta para compra de ingressos- de terça a domingo ( de 14 h às 22 h)

CLASSIFICAÇÃO:
indicado a partir de 5 anos

TRADUÇÃO EM LIBRAS PARA DEFICIENTES AUDITIVOS


FICHA TÉCNICA


TEXTO: Eridiana Rosa e Luiz Fernando Pinto

DIREÇÃO: Marcia do Valle

DIREÇÃO MUSICAL: Raoni Costa

ELENCO: Alex Teixeira, Anderson Primo, Luiz Fernando Pinto, Michele Lima,
Moisés Salazar, Pedro Yudi e Thaiane Leal


SUBSTITUTOS: Camila Carvalhal e Rogerio Lisil

ILUMINAÇÃO: Tamara Goldschmied

CENOGRAFIA E DESIGN GRÁFICO: Karine Drumond

FIGURINO: Camila Loren

PRODUÇÃO: Pagu  Produções Culturais e Taty Maria

ASSESSORIA DE IMPRENSA: Alex Teixeira

REALIZAÇÃO: Coletivo PENEIRA


terça-feira, 17 de setembro de 2013

" CARA DE BOLACHA " DE ELIANA MARTINS E ELISABETH TEIXEIRA

                                         SITE DA EDITORA: www.scipione.com.br

INDICAÇÃO:  a partir de  6 anos ( leitor iniciante )

24 páginas

Bruno vai ganhar um irmão ou uma irmã e não gostou nada da novidade.


No livro CARA DE BOLACHA, o conflito ocorre num universo bem particular -
a família, onde Bruno era o centro das atenções. 

                                  Era só pedir alguma coisa que a mãe logo fazia.
                                  Tudo o que ele dizia, mesmo que fosse bem sem graça, 
                                  o pai achava o máximo.
                                  O Bruno podia fazer todo o barulho que quisesse
                                  quando ia à casa dos avós, que eles nem se importavam.


                                  Um dia, porém...

                                  ...a mãe e o pai contaram para o Bruno que ia chegar um
                                  bebê na casa. Ele ia ganhar um irmão ou uma irmã; ainda 
                                  não sabiam.


Diante do fato, o que mais ressalta na história são os planos do menino Bruno:

-decidiu que o bebê seria um menino para servi-lo, por exemplo, serviria para
apanhar a bola, quando ela caísse no canteiro;

-declarou guerra, quando descobriu que ia nascer uma menina;

-decidiu que não ia gostar dela, nem com açúcar;

-resolveu que Isa, a irmã, seria sua arqui-inimiga, seria a chatonilda, seria a cara
de bolacha e outras coisas mais.



O texto é simples, leve, gostoso de ler e reserva para o final uma surpresa.


CARA DE BOLACHA é uma leitura, que faz pensar as relações familiares, que faz
pensar a relação entre irmãos.

AS ILUSTRAÇÕES:


                                                          CLIQUE PARA AMPLIAR

As  aquarelas de ELISABETH TEIXEIRA são encantadoras e impressionam
pela delicadeza das cores e do traço, que é só seu.



A AUTORA E A ILUSTRADORA:

                                                              CLIQUE PARA AMPLIAR

domingo, 15 de setembro de 2013

LANÇAMENTO DA EDITORA BIRUTA: "FORMIGUEIRO DE MYRAKÃWÉRA" DE YAGUARÊ YAMÃ E UZIEL GUAYNÊ OLIVEIRA

                         

                                    SITE DA EDITORA: www.editorabiruta.com.br
                                    BLOG DA EDITORA: http://blogbirutagaivota.wordpress.com


INDICAÇÃO: a partir de 10 anos ( leitor fluente )

56 páginas

                                         O que há de mais incrível,
                                         se descobre na floresta.
                                         O mais estranho, o melhor
                                         sonho e também o pior
                                         pesadelo.
                                                                               YAGUARÊ YAMÃ


Neste livro, YAGUARÊ YAMÃ reúne a lenda dos parintins e dos maraguás, povos
indígenas do Amazonas.

A lenda indígena se passa na região, que dá nome ao livro: MYRAKÃWÉRA.

Os índios parintins foram os primeiros a viver nas terras ao redor de Myrakãwéra,
região que fica às margens do rio Mamuru, no Amazonas. O lugar, que antes era
o espaço para realizar oferendas ao deus Wagatim, tornou-se amaldiçoado.


Anos depois, os curumins Ãgnáw  e  Ãgapany viveram incríveis e assustadoras
aventuras na  região  de  Myrakãwéra.  Nela, encontraram  formigas gigantes e 
mortos vivos.

           " O  curumim  conhecia muito bem  os sinais  de perigo, aprendidos 
         em  sessões  de  histórias  contadas  pelo  pajé  ao  pôr  do sol. 'Para
         nós, índios, sinal  de  perigo é  assim:  estacas cortadas e amarradas
         em forma de X, estacas  com pontas  apontadas e pintadas com tinta
         de jenipapo e estacas  amarradas umas  às outras com um crânio de
         macaco no meio.Isso mesmo. E estas aqui  são estacas com crânios,
         o mais amedrontador sinal de perigo que os antigos conheciam para
         manter gente a distância'."
        ---------------------------------------------------------------------------------------------------------
          " O menino se pôs a observar. Estava realmente muito admirado. No
         meio daquele cenário  macabro, viu algo  mais  sombrio  ainda: duas
         estacas em forma de X e no meio delas, jazia um esqueleto.
           ' Caveira de gente ' era o nome  que  os antigos davam  a este lugar.
         Ninguém jamais ousou procurá-lo."
         --------------------------------------------------------------------------------------------------------
          " 'Os antigos diziam que  as  pessoas amarradas ali eram devoradas
          por formigas. Mas que formigas?' 
              Andou ao redor e, em  meio a  folhas secas  de copaíba e  angelim, 
          observou uma montanha de areia.
              - Um formigueiro! - exclamou.
              Recuou  rapidamente  e  saltou  por cima  do  riacho.  ' Para  serem
          devoradoras  de gente, só  podem  ser formigas  gigantes.  Acho que
          são venenosas, talvez sejam formigas tukãnderas. Preciso ir embora,
          já  estou  há  mais  de  seis  horas  longe de  casa. Mamãe  deve  estar
          preocupada.' "
          
Esses e outros perigos vão desencadear situações emocionantes. O jovem leitor 
poderá acompanhar as aventuras vividas por Ãgnáw e Ãgapany e descobrir outras
culturas, outros valores e outros lugares.
             

ILUSTRAÇÕES:



   As ilustrações de UZIEL GUAYNÊ OLIVEIRA, que vêm dispostas em um projeto
gráfico impactante, são fortes e têm colorido intenso. Elas, através dos elementos
visuais, permitirão que o jovem leitor conheça um pouco mais da cultura desses
povos indígenas.




O AUTOR E O ILUSTRADOR:

     O livro FORMIGUEIRO DE MYRAKÃWÉRA foi escrito  e ilustrado por dois irmãos,
filhos do povo maraguá e descendentes do povo sateré-mawé, da região Amazônica.





ASSISTA AO VÍDEO: YAGUARÊ YAMÃ (MUSEU DA PESSOA) 




A literatura indígena expressa sua identidade, suas tradições e seus valores,
garantindo a inserção do índio no contexto literário brasileiro, fortalecendo e
valorizando a cultura indígena.

quinta-feira, 12 de setembro de 2013

LIVRO DE IMAGENS: "O LANCHE" DE VANESSA PREZOTO


                                       
                                     SITE DA EDITORA: www.tordesilhaslivros.com.br



INDICAÇÃO: a partir dos 3 anos ( pré-leitor)

48 páginas

     Este livro é um lançamento da editora Tordesilhinhas.

     O LANCHE é um livro de imagens. Foi estruturado na narrativa visual, para criar
significados. As imagens, pela ausência das palavras, vão exigir um olhar aguçado,
perspicácia para  perceber as ações  da  personagem e para  entender o desfecho
da história.

A sequência de ilustrações de Vanessa Prezoto  vai contar a história de uma menina
que, na companhia de um gato e um cachorro, vai até a padaria com sua bicicleta.No
percurso, ela vai se  deixar encantar pelo ambiente  à  sua volta e pelas  belas coisas 
da vida. E tudo tem movimento.

As cenas retratam situações simples do cotidiano, mas com poesia.


AS ILUSTRAÇÕES:



As ilustrações de VANESSA PREZOTO, para este livro de imagens, foram
feitas com tinta, giz pastel  e carimbos sobre papel. 



A AUTORA:


terça-feira, 10 de setembro de 2013

LANÇAMENTO DA EDITORA BIRUTA: "ANÚNCIOS CARENTES DE BICHOS ABANDONADOS POR GENTE" DE ALMIR CORREIA E RUBENS MATUCK

                                      SITE DA EDITORA: www.editorabiruta.com.br
                                      BLOG DA EDITORA: http://blogbirutagaivota.wordpress.com


INDICAÇÃO: a partir de 6 anos ( leitor iniciante)

44 páginas



          Mandar um recado, através de um anúncio,  pode ser uma solução.


       " Anúncios carentes de bichos abandonados por gente "  do  escritor  Almir
Correia - Neste  lançamento da  editora  Biruta, o  pequeno  leitor vai  encontrar
anúncios de todos os tipos de bicho, que tentam conquistar o amor de possíveis
donos para, assim, serem  adotados.  Eles falam da vida que levam, descrevem
suas qualidades e prometem até deixar de virar lata, só para  ter um dono. Eles
oferecem, também, recompensas: lambidas amorosas, mordidas carinhosas...

         Muito se  tem falado sobre o abandono e  a adoção de  animais. O assunto é
sério, muito sério.Aqui, os cães, os gatos e outros bichos, de  maneira engraçada, 
formulam anúncios, em forma de poemas,  que são acompanhados de ilustrações
do artista  plástico  Rubens  Matuck.  A intenção é, apenas, pedir carinho, um lar e
um lugar no coração de alguém.


                                                               BETONEIRA
                                                   ME CHAMAM  BETONEIRA
                                                   JÁ FUI FORTE E GRANDÃO
                                                   HOJE SOU FRACO E MAGRÃO
                                                   MAS GOSTO DE TELEVISÃO
                                                   RASGAVA SOFÁS COM VONTADE
                                                   MAS JÁ NÃO FAÇO ISSO
                                                   COM A IDADE
                                                   SÓ QUERO UM DONO PRA MIM
                                                   UM DONO AMIGO
                                                   UM DONO ABRIGO
                                                   ACHO QUE SOU UM CACHORRO BOM
                                                   AINDA SORRIDENTE
                                                   CHEIO DE PINTINHAS DA SOLIDÃO


                                                             CARTEIRO
                                                   JAMAIS GOSTEI DE CARTEIRO
                                                   MAS POSSO ABRIR UMA EXCEÇÃO
                                                   ACEITO UM DONO-CARTEIRO
                                                   QUE ME LEVE E TRAGA
                                                   EM SEU CORAÇÃO
                         
                                    

AS ILUSTRAÇÕES:

         As ilustrações de Rubens Matuck  exploram cores  vibrantes e são fortes
visualmente. Elas foram pensadas e preparadas para  provocar impressões e
sensações, reiterando as mensagens dos poemas.




O AUTOR E O ILUSTRADOR:


sexta-feira, 6 de setembro de 2013

OFICINA DE CONTAÇÃO DE HISTÓRIAS COM ILANA POGREBINSCHI ( RIO DE JANEIRO )


LANÇAMENTO EDITORA DIMENSÃO: " EU VOU CONTAR COMO É QUE FOI " DE MIRNA PINSKY E FLÁVIO FARGAS

                                      SITE DA EDITORA: www.editoradimensao.com.br



INDICAÇÃO: a partir de 6 anos ( leitor iniciante )

48 páginas


No livro  " EU  VOU  CONTAR  COMO  É QUE  FOI ", o  pequeno leitor 
vai encontrar 3 histórias: 

- "UM CACHORRINHO TODO BRANCO";
- "EU VOU CONTAR COMO É QUE FOI" ( que dá título ao livro );
- "NA CASA DA VOVÓ".

O  fio condutor das narrativas é o menino Alex. É ele quem alinhava as 
histórias, que são simples e tratam de situações do cotidiano.

Todas as 3 histórias brincam com a imaginação, com a fantasia infantil.

                               Era uma vez um menino loirinho,cheio de sardas
                               no nariz, chamado Alex.
                               Ele tinha
                                              uma espada poderosa,
                                              uma capa de homem aranha
                                              e um cachorrinho mágico.                                               

O livro de  MIRNA PINSKY é assim: um convite para  que o pequeno  leitor  
acompanhe,  bem de perto, o dia a dia do menino Alex e participe de suas
aventuras, das surpresas e emoções, das situações  divertidas e soluções
engraçadas.

O  texto é simples, com  frases curtas  e letras  grandes. A  linguagem é bem
cotidiana e flui, de maneira criativa, como uma gostosa brincadeira.

                               Aí o dinossauro
                                        ploft - pula no vagão dos leões
                               e um leão fala: grrrrrrrrrrrrrrr
                               assim bem alto, bem alto, bem aaaaaaalto!
                                    
A criatividade da autora MIRNA PINSKY, as ilustrações e o projeto gráfico de
FLÁVIO FARGAS  garantem uma surpresa a cada virada de página. 



AS ILUSTRAÇÕES:



As ilustrações de FLÁVIO FARGAS,  para este  livro, são grandes, de páginas
duplas e valorizam  visualmente as histórias. As imagens reiteram  o texto e os
detalhes, cheios de delicadezas, chamam a atenção.





A AUTORA E O ILUSTRADOR:



terça-feira, 3 de setembro de 2013

" PLUFT, O FANTASMINHA " DE MARIA CLARA MACHADO: LER O TEXTO DA PEÇA E IR AO TEATRO O TABLADO ( RIO DE JANEIRO)

SUGESTÃO: 

LER O TEXTO DA PEÇA

                                              NOVA FRONTEIRA - selo da EDIOURO 
                                              SITE DA EDITORA: www.ediouro.com.br

320 páginas

PLUFT é um fantasminha tímido, que tem medo das pessoas, até que um
dia,  ele conhece a menina Maribel e se envolve em uma grande aventura.

PLUFT, O FANTASMINHA  é um dos clássicos do teatro infantil  brasileiro.
Esta peça abre o volume 1  da "Coleção Teatro de Maria Clara  Machado".
O livro traz ainda outras 4 peças: 
O RAPTO DAS CEBOLINHAS / O CHAPEUZINHO VERMELHO /  O BOI
E O BURRO NO CAMINHO DE BELÉM /  A CORUJA SOFIA.
As peças são acompanhadas de fotos de diferentes montagens, pesquisadas
no arquivo do Tablado. O texto de orelha é assinado pela atriz Claudia Abreu.


A AUTORA:



SUGESTÃO: 

ASSISTIR AO ESPETÁCULO NO TEATRO O TABLADO ( RIO DE JANEIRO)



DIREÇÃO: Cacá Mourthé
TEXTO: Maria Clara Machado
ELENCO: Claudia Abreu, Maria Clara Gueiros, José Lavigne, Miriam Freeland,
Thelmo Fernandes, Sergio Maciel, Pedro Kosovski e João Santana.

     A nova montagem nasceu do desejo de levar às novas gerações a alegria e a 
riqueza deste que é considerado um dos mais importantes textos da dramaturgia
voltada ao público infantojuvenil no país.

LOCAL: 
TEATRO  O TABLADO
avenida Lineu de Paula Machado, 795 Lagoa - Rio de Janeiro / RJ

TELEFONE PARA INFORMAÇÕES:
(21) 2294-7847

TEMPORADA:
até 15 de dezembro de 2013

DIAS:
SÁBADOS E DOMINGOS

HORÁRIO:
17 h

INGRESSO:
R$ 50,00

INDICAÇÃO: 
a partir de 3 anos